quarta-feira, 29 de novembro de 2017

"ROMANHOLI DA FARMÁCIA: O PEQUENINO QUE CURAVA"


 A IMAGEM DO SAUDOSÍSSIMO FARMACÊUTICO, JOSÉ ROMANHOLO, QUE CHAMÁVAMOS "ROMANHOLI"


INCORPORADO ÀS NOSSAS VIVÊNCIAS, SR. JOSÉ ROMANHOLI, O NOSSO FAMACÊUTICO!
PEQUENINO E CHEIO DE AGILIDADE, LÁ ATRÁS DO BALCÃO, SURGIA ELE:  ENTRE POMADINHAS E UNGUENTOS MILAGROSOS, SERINGAS E INJEÇÕES, PASTILHAS SABOROSAS E COLORIDAS PARA A GARGANTA, XAROPES E EMPLASTROS PARA DORES. BATÍAMOS NO BALCÃO E LOGO ELE APARECIA.
ERA O HOMEM QUE SEMPRE ACERTAVA NOS REMÉDIOS. 

OUÇO RELATOS ATÉ OS DIAS DE HOJE, QUE SR. ROMANHOLI CURAVA TANTO QUANTO OS MÉDICOS DE SUA ÉPOCA. TALVEZ A TERRA GUARDIÃ TIVESSE LHE DADO O PODER DE MANIPULAR CERTAS POÇÕES... TALVEZ SUA ALMA ULTRAPASSASSE EM MUITO, O SEU TAMANHO FÍSICO E ISSO O FIZESSE TRANSCENDER... TALVEZ FOSSE ELE, ALI ENTRE NÓS, UM VERDADEIRO ALQUIMISTA E MESTRE DAS POÇÕES!
ME RECORDO QUE UMA VEZ, AINDA MUITO PEQUENA, EU PEDI PARA A MINHA MÃE QUE ME DEIXASSE DESCER SOZINHA PARA COMPRAR PASTILHAS, POIS EU AMAVA AS COR DE ROSA, FAZENDO USO INCLUSIVE QUANDO NÃO ERAM TÃO NECESSÁRIAS.
FUI E COMPREI, NO ENTANTO EU ESTICARA A PEQUENA AVENTURA ATÉ A ESTRADA QUE LEVA À FAZENDA DA FAMÍLIA HELENE, FASCINADA QUE SEMPRE FUI PELOS HELENE... AH! ALFREDO GUEDES SEM IGUAL... 
HOJE, A CASA ONDE ELE VIVERA E TAMBÉM MONTARA A FARMÁCIA, INFELIZMENTE JÁ NÃO EXISTE MAIS. MAS, A CURVA AINDA PERSISTE EM RELEMBRAR E TRAZER DE VOLTA, O SEU SALTITAR ATRÁS DO BALCÃO E O SORRISO ENCANTADOR DE SUA ESPOSA, DONA MARIA...

FAMÍLIA DE JOSÉ ROMANHOLI, NA REALIDADE, "ROMANHOLO", REUNIDA PARA TIRAR FOTOGRAFIA. ESTE LINDO REGISTRO É DO ACERVO DA FAMÍLIA.   



QUEM NÃO SE RECORDA CHEIO DE SAUDADES DE DONA MARIA, ESPOSA DE ROMANHOLI?
QUEM NÃO SE LEMBRA DE SUA DOÇURA, DE SUA VOZ MANSA E ALEGRE, E DE SEU OLHAR CHEIO DE TERNURA?
DONA MARIA AGREGAVA CALOR E EMOÇÃO NO BALCÃO DA FARMÁCIA.
BONS TEMPOS... 
TEMPOS EM QUE A CURVA LÁ EM BAIXO, SAINDO DA PONTE DO RIO LENÇÓIS, POSSUÍA ESSE SEU SORRISO, ACOMPANHADO DOS ORATÓRIOS EMBUTIDOS NAS PAREDES DAS CASAS ALI DE PERTO... CASA DE DONA ANGÉLICA E SENHOR NENITO PRÍNCIPE, E MUITO ANTES DELA, CASA DA DONA CARMINHA! O ARMAZÉM DO BRONZATO... TEMPOS QUE DEIXARAM SAUDADES...
                                                                                                       guardiadelendas.blogspot.com
                                                                                                       Célia Motta. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário